Análise SWOT: Como fazer e para que serve?

Você já está cansado de ouvir a frase do Coelho Branco da Alice te alertando do quanto é importante saber para onde está indo. Mas já parou para pensar na importância de conhecer onde você já está? Neste artigo lhe mostraremos como você pode mapear a sua situação atual para definir metas estratégicas.

Sumário

Um dos maiores erros na hora de definir um objetivo ou uma meta, é ignorar qual é a situação atual.

Se eu te dissesse que o nosso objetivo é chegarmos na Times Square, em Nova Iorque, amanhã, às 20 horas, no horário da costa leste.

Concorda que temos um objetivo muito bem definido e um prazo bem estabelecido?

Agora, ele é possível de ser alcançado?

Se já estivermos em Nova Iorque, é perfeitamente possível chegarmos lá no horário combinado.

Se estivermos na Costa Oeste dos EUA, o prazo fica mais apertado.

E se estivermos no Japão, fica impossível de chegar nesse prazo.

Percebeu a importância de conhecer e ter clareza sobre a situação atual na hora de definir um objetivo?

Neste artigo, vou lhe mostrar uma super ferramenta que irá lhe mostrar qual a sua localização exata no momento presente: a matriz SWOT.

O que é a matriz SWOT

De uma forma mais clara, a matriz SWOT é uma ferramenta utilizada na tomada de decisões com base na situação atual.

E ela pode ser utilizada tanto para a sua vida pessoal, quanto para avaliar a situação do seu time.

Vamos mostrar como fazer junto com o seu time.

Elementos da matriz SWOT

A matriz SWOT possui quatro elementos.

Através de cada um deles é possível analisar tanto os fatores internos quanto os externos que possam influenciar a situação atual da equipe.

Os quatro componentes da matriz SWOT são:

S: Stregths (Forças)

Aqui vocês irão listar todas as características internas positivas, que fazem com que a equipe se torne única e capaz de alcançar os objetivos.

Entram as habilidades de cada pessoa, os recursos, as vantagens e outros ativos que a equipe pode ter.

W: Weaknesses (Fraquezas)

Agora vocês irão analisar as características internas negativas.

Liste quais são as limitações, deficiências, áreas de melhoria ou obstáculos internos que podem prejudicar a eficácia e o desempenho do time.

O: Opportunities (Oportunidades)

Esse é o momento em que irão avaliar o mundo externo ao da equipe.

Em oportunidades, são os fatores externos positivos que vocês poderão aproveitar.

Isso inclui novas tendências de mercado favoráveis, novas tecnologias, mudanças em regulações ou normas.

T: Threats (Ameaças)

Continuamos olhando para fora. Agora analisando quais fatores externos podem ser negativos para a equipe.

Concorrência, mudança na gestão da empresa, problemas em outras equipes que podem refletir no trabalho de vocês, instabilidade do mercado.

Utilizando a matriz SWOT para definir metas

Essa é uma ferramenta útil para definir metas estratégicas.

Vamos a um passo a passo para fazer a análise SWOT e a definição de metas junto com o seu time.

1. Convoque a sua equipe para uma “SWOT Party”:

Reúna seu time e promova uma sessão descontraída de brainstorming.

Nesse encontro, peça a eles que compartilhem suas perspectivas sobre os pontos fortes e fracos internos da equipe.

Anote tudo e incentive a participação ativa de todos, sem medo de expressar ideias.

Uma dica: uma boa pizza e bebidas refrescantes podem deixar o ambiente mais descontraído e estimular a criatividade.

2. Explore além dos muros da empresa:

Agora é hora de investigar o ambiente externo.

Conversar com clientes, fornecedores e parceiros de negócios pode ser uma boa maneira de obter insights valiosos sobre as oportunidades e ameaças do mercado.

Além disso, mantenha-se atualizado sobre as tendências do setor, participando de eventos e acompanhando publicações especializadas.

Afinal, conhecer a sua competição é essencial para uma análise SWOT eficaz.

3. Transforme a SWOT em ação:

A análise SWOT só será eficaz se você transformar as informações em ações concretas.

Use a matriz para identificar as metas estratégicas da sua equipe e estabeleça um plano de ação claro e realista.

Lembre-se de definir metas SMART (específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com prazos definidos) para garantir que suas metas sejam tangíveis e alcançáveis.

4. Encoraje a colaboração e o aprendizado contínuo:

A matriz SWOT deve ser vista como um processo contínuo, não como uma análise isolada.

Incentive a equipe a contribuir regularmente com novas percepções e a revisar a análise SWOT periodicamente.

Estabeleça uma cultura de aprendizado contínuo, em que todos estejam dispostos a se adaptar às mudanças do ambiente de negócios.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Pesquisar

Posts Recentes

Categorias

Nossas Redes Sociais