Como medir a produtividade da equipe

Medir a produtividade do seu time pode ser uma maneira de tornar os resultados da equipe mais consistentes. Por isso, neste artigo, vamos te mostrar o que você precisa definir antes de sair anotando dados por aí.

Sumário

Produtividade nada mais é a relação entre uma tarefa que precisa ser realizada e os recursos que foram utilizados para realizar essa tarefa.

Na maioria das vezes o principal recurso é o tempo.

É indispensável que consigamos alocar esse tempo da melhor forma possível.

Por isso, ter como medir a produtividade do time é tão importante.

É sobre isso que vamos falar neste artigo.

1. Sem processos, sem produtividade

O primeiro passo para conseguir medir algo, é definir o que será medido.

> Se os processos não são repetidos ao longo do tempo e não seguem padrões, não há como medir produtividade.

Então, antes de qualquer medição, é preciso garantir que os processos estão bem estabelecidos.

Depois disso, podemos seguir para a próxima etapa.

2. O que traduz a produtividade do seu time?

Não existe uma fórmula geral para produtividade.

Ela é a relação entre o que precisa ser entregue e os recursos utilizados.

E o que precisa ser entregue varia de acordo com a função de cada pessoa da equipe.

Faria sentido medir a produtividade de uma equipe de produção com base no número de vendas realizadas por dia?

Por isso é preciso escolher qual indicador vai refletir a produtividade do seu time.

Então o segundo passo é fazer uma reflexão:

  1. Que tipo de indicador faz sentido medir?
  2. Por que você deseja medir essa produtividade?
  3. O que faz sentido para você, como líder, analisar quanto à produtividade do time?

3. O combo de indicadores

Agora você já conseguiu encontrar o indicador que melhor representa a produtividade do seu time.

Para o terceiro passo, você precisa definir um indicador de qualidade para acompanhar o indicador de produtividade.

Vamos a um exemplo.

A equipe de produção mede a sua produtividade medida através da seguinte fórmula:

(Número de pedidos entregues no horário/ Número de pedidos recebidos) * 100

Ou seja, quanto mais produtos eles entregarem, mais produtivos eles vão ser.

Tentando aumentar esse percentual, pode-se acabar diminuindo a qualidade do produto final.

E você concorda que é inútil atingir 99% de produtividade, se 90% dos produtos forem devolvidos por causa de falhas, certo?

4. Como saber se o resultado é bom?

Agora você está a um passo de poder medir a produtividade do time.

Sem uma meta a ser atingida todo o processo de medição e controle dessa produtividade, seria sem sentido.

Por isso, o seu último passo é definir uma meta de produtividade e de qualidade a ser atingida.

Essa meta deve ter um valor e um prazo que será o tempo de medição do indicador.

Voltando ao nosso exemplo.

A meta de produtividade definida para essa equipe é que eles produzam, dentro do prazo, 90% dos pedidos recebidos no dia.

Na quarta-feira, eles receberam 100 pedidos e conseguiram entregar 80 deles, dentro do prazo para a entrega ao cliente.

Nesse caso a produtividade foi de 80%.

Ou seja, ela ficou abaixo da meta estabelecida.

> As metas precisam ser realistas!

Uma produtividade de 100% é uma utopia que pode acabar tendo um efeito destrutivo no rendimento do time.

Se a meta é impossível de ser atingida, por que alguém se esforçaria para alcançá-la?

5. Faça a avaliação e dê retorno para o time

Para finalizar, é preciso que você, líder, faça o real acompanhamento dessa produtividade.

Além disso, você deve mostrar claramente o quão importante ele é e como você tem prestado atenção nesse quesito.

Isso é feito através de feedbacks periódicos para o time relatando como está o indicador e de reuniões para alinhamento de como podem melhorar a produtividade a cada dia.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Pesquisar

Posts Recentes

Categorias

Nossas Redes Sociais