Time: o que é e por que precisa de conexão?

"TIME". Essa palavra pode parecer o bicho-papão para alguns líderes, que enfrentam diversas dificuldades com ele. Neste artigo, vou lhe mostrar que o pior problema que você pode enfrentar é não saber do que é feito o seu time e quais são as características que trazem sucesso para qualquer time que as tenha.

Sumário

Transformar uma equipe em um TIME é o primeiro passo para o sucesso.

Porém, muitos líderes têm dificuldades em entender o que de fato é um time e qual a importância da conexão nesse contexto.

Neste artigo te mostrarei do que é feito um time e como você pode auxiliar na criação de conexões dentro dele.

Do que é feito um time?

Você vai responder “de pessoas” e então eu digo que você acertou.

Mas você já parou para pensar no verdadeiro significado dessa afirmação? Vamos reformular um pouco essa frase:

Um TIME é formado por diversos indivíduos.

Agora está ficando um pouco mais claro, certo?

Cada indivíduo possui as suas individualidades.

Essas individualidades são os hábitos, os comportamentos, os valores, as histórias, as experiências que são exclusivos de cada pessoa.

Talvez eu possa reescrever aquela frase e dizer que:

Um TIME é o conjunto de diversos repertórios únicos e exclusivos.

Existe um perigo: esquecer do quê forma um time

E isso é muito mais comum do que você imagina.

Os líderes reclamam que “o time não escuta”, “o time não se engaja”, “o time não está conectado”.

Quando ouvimos frases assim percebemos que “o time” está sendo visto como uma “coisa” só, uma entidade homogênea.

A entidade time NÃO existe.

Esse ser chamado time, que serve para levar a culpa de tudo, não existe.

Mudar a forma com que você vê o seu time, faz com que você entenda as duas principais características de times bem-sucedidos.

Os dois C’s do time

É assim que eu chamo as duas características que são essenciais para que um time seja um sucesso.

1º C: Confiança

Todo relacionamento interpessoal saudável é baseado em confiança, seja ele um relacionamento profissional, familiar, amoroso ou de amizade.

Então é preciso que as pessoas de um time confiem umas nas outras, afinal o sucesso de cada um depende do trabalho de todos.

Inclusive, neste artigo, já mostramos que a falta de confiança é o primeiro e o maior problema que o seu time pode enfrentar.

2º C: Conexão

Um grupo de pessoas só se transforma em um time a partir do momento em que elas se conectam umas com as outras.

Coloque onze jogadores, que nunca jogaram ou treinaram juntos, dentro de campo de futebol e veja se eles conseguirão ter um bom desempenho durante uma partida.

É preciso que cada um conheça “o estilo” de jogo do outro, para que assim consigam equilibrar as habilidades e construam uma tática de jogo para atingirem o mesmo objetivo em comum: vencer a partida.

O mesmo acontece com o seu time.

Elas precisam conhecer as individualidades uma da outra para que possam se fortalecer e encontrarem o melhor caminho para alcançarem os objetivos em comum.

O papel do líder na conexão do time

Voltando a analogia do futebol, o líder é o técnico! Isso mesmo, você não é o capitão do time…

O líder é o responsável por criar um ambiente que permita que as conexões sejam criadas.

Incentive as pessoas do seu time a conhecerem e compartilharem histórias e experiências com o colega.

Garanta que eles enxerguem que o trabalho é conjunto e não uma competição, onde precisa superar o outro.

O sucesso do time é o sucesso de todos.

O líder também é o responsável por garantir que não vá para um outro esquema e o time vire “família”.

Essa intimidade exagerada pode acabar distorcendo as coisas.

Portanto, seja o exemplo e comece pela sua liderança a criar conexão com o seu time e guiá-los no processo de criarem conexões entre eles.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Pesquisar

Posts Recentes

Categorias

Nossas Redes Sociais